log in

Notícias

SIGA-NOS, Saiba tudo que acontece no Moto 1000 GP.

Sharbel el Hajjar troca automobilismo pela motovelocidade e estreia em Curitiba

Depois de duas décadas de atuação no automobilismo, Sharbel el Hajjar estreia em Curitiba no Moto 1000 GP William Inácio Depois de duas décadas de atuação no automobilismo, Sharbel el Hajjar estreia em Curitiba no Moto 1000 GP

Curitibano de 30 anos disputa o GP Lubrax pela Tom Racing avaliando viabilidades para atuar em toda a temporada de 2016

O GP Lubrax, oitava e última etapa da temporada de 2015 do Moto 1000 GP, terá neste domingo (29) no Autódromo Internacional de Curitiba a estreia de Sharbel el Hajjar no Campeonato Brasileiro de Motovelocidade. Inscrito na categoria GP Light com a Kawasaki número 18 da Tom Racing, o curitibano de 30 anos finaliza sua temporada de aprendizado no mundo das duas rodas depois de quase duas décadas como piloto de automobilismo.

“Eu comecei a correr quando tinha 10 anos, no kart. Depois, já adulto, participei dos campeonatos de Marcas & Pilotos no Paraná e disputei a Copa Montana em 2010. Fiquei um ano lá e voltei ao Metropolitano de Marcas. Corri até 2013 e parei com o automobilismo”, resume o piloto. “Sempre tive o enduro e atividades de cross como hobby, até participei de uma competição ou outra. O contato com a motovelocidade veio agora, em 2015”, conta.

O primeiro ano no mundo das duas rodas foi produtivo, segundo define El Hajjar. “Estreei na terceira etapa do Paranaense de Motovelocidade, e ainda assim conseguimos o título da categoria Light, com seis vitórias”, destaca. “Foi um ano de conhecer a motovelocidade, passamos por alguns campeonato e a estreia no Moto 1000 GP tem nos causado uma boa impressão”, manifesta o chefe de equipe Tom Carli. “A ideia inicial é ficar aqui em 2016”.

As motocicletas do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade utilizam a gasolina Petrobras Podium e o lubrificante Lubrax Tecno Moto. A Petrobras e a Lubrax patrocinam a competição ao lado da Michelin, que fornece seus pneus de competição a todas as equipes inscritas. O Moto 1000 GP também conta em 2015 com o apoio de Beta Ferramentas, MSR Macacões Personalizados, Puig, Servitec, LeoVince, Shoei e Tutto Moto.

Petrobras
Lubrax
Michelin
Beta
Servitec
Leo Vince
Shoei
Tutto
Puig
Top Line

Log in or crie uma conta