log in

Notícias

SIGA-NOS, Saiba tudo que acontece no Moto 1000 GP.

GP Light: com oito equipes no Q2, Skaf festeja nova pole

Rafael Nunes, o pole position Marcelo Skaf e Ricardo Negretto comemoram a primeira fila no grid do GP Lubrax William Inácio Rafael Nunes, o pole position Marcelo Skaf e Ricardo Negretto comemoram a primeira fila no grid do GP Lubrax

Treino classificatório do GP Lubrax evidencia equilíbrio entre os times participantes na etapa final da temporada do Moto 1000 GP

O treino classificatório que definiu na tarde deste sábado (28) o grid do GP Lubrax, oitava e última etapa da temporada do Moto 1000 GP, evidenciou no Autódromo Internacional de Curitiba o equilíbrio entre as equipes da GP Light, categoria de acesso à GP 1000 que também utiliza motos com motores de 1.000 cilindradas. Os oito pilotos que avançaram ao Q2, fase decisiva da tomada de tempos, são representantes de equipes distintas.

O equilíbrio marcou também a disputa pela pole position. Marcelo Skaf, com a Kawasaki da Motonil Motors-PDV Brasil/Usatec BSB Team, conquistou o primeiro lugar no grid da corrida deste domingo (29) com apenas 12 milésimos de segundo de vantagem sobre o paranaense Rafael Nunes, do Team Suzuki-PRT, que larga em segundo. A primeira fila do grid do GP Lubrax terá ainda o paulista Ricardo Negreto, com a Kawasaki da Tecfil Racing Team.

Foi a segunda pole de Skaf na temporada – ele também foi o primeiro no grid da sexta etapa, que marcou em Goiânia seu retorno ao Moto 1000 GP. As 16 voltas da corrida em Curitiba vão apontar o campeão brasileiro da GP Light. Nunes, vencedor de três etapas, tem 11 pontos de vantagem sobre o vice-líder gaúcho Marcelo Dahmer, que vai largar em 12º com a Kawasaki da K Racing. Um terceiro lugar é suficiente para o título de Nunes diante de sua torcida.

A corrida da GP Light terá largada às 13h05 deste domingo, para 16 voltas. O GP Lubrax terá transmissão ao vivo a partir pelos canais Esporte Interativo e Bandsports e pelo portal Terra, a partir das 13h, com a íntegra da GP Light e da GP 1000 e VTs compactos da GPR 250 e da GP 600. O canal de YouTube indicado na home do site moto1000gp.com.br transmitirá todas as corridas ao vivo e na íntegra, com geração de imagens da Master/CATVE.

GP LUBRAX – CATEGORIA GP LIGHT – GRID DE LARGADA

(Resultado dos treinos classificatórios deste sábado em Curitiba)

Q2

1º) Marcelo Skaf (SP/Kawasaki), Motonil Motors-PDV Brasil/Usatec BSB Team, 1min23s554

2º) Rafael Nunes (PR/Suzuki), Team Suzuki-PRT, 1min23s566

3º) Ricardo Negretto (SP/Kawasaki), Tecfil Racing Team, 1min24s000

4º) Jean Vieira (SC/Kawasaki), MS Racing Team, 1min24s030

5º) Sharbel el Hajjar (PR/Kawasaki), Tom Racing, 1min24s374

6º) Henrique Castro (DF/Kawasaki), City Service BSB Motor Racing, 1min24s480

7º) Diogo Ramos (SC/Kawasaki), SBK Moto Racing, 1min24s612

8º) Ueber Torres (PR/Kawasaki), Moto 3 Racing Team, 1min25s108

Q1

9º) Helison Chin (PR/Kawasaki), Moto 3 Racing Team, 1min25s306

10º) Luciano Donato (SP/BMW), BMW Motorrad Petronas Racing, 1min25s433

11º) Alexandre Godói (PR/Kawasaki), Grinjets, 1min25s498

12º) Marcelo Dahmer (RS/Kawasaki), K Racing, 1min25s511

13º) Pedro Lins (RJ/Honda), Center Moto Racing Team, 1min25s941

14º) Maurício Paludete (SP/BMW), Sport Plus Racing, 1min26s383

15º) Pablo Nunes (SC/Kawasaki), SBK Moto Racing, 1min26s459

16º) Edson Luiz (SC/Kawasaki), 2MT-PRT, 1min26s462

17º) Alexis Hay (PR/Kawasaki), Moto 3 Racing Team, 1min27s262

18º) Erlon Franco (MS/Kawasaki), Target Race Superbike Team, 1min27s541

19º) Gilbert Paz (PR/Kawasaki), Moto 3 Racing Team, 1min29s326

20º) Marcos Ramalho (PR/Kawasaki), 2MT-PRT, 1min29s461

21º) Du Rodrigues (SP/Ducati), DRT, 1min29s751

22º) Wagner Ettinger (SP/Kawasaki), Paulinho Superbikes, 1min30s655

23º) Gian Filippis (SP/Kawasaki), Tecfil Racing Team, 1min31s902

24º) Marlon Verdi (RS/Honda), K Racing, 1min32s751

25º) Danilo Berto (SP/Ducati), DRT-Ducati, 1min33s049

26º) Iberson Thiago (SP/Kawasaki), Tecfil Racing Team, sem tempo

Média do 1º: 159,202 km/h

GP LUBRAX – A PROGRAMAÇÃO DO MOTO 1000 GP

(As atividades do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade)

8h50 – warm up da GPR 250 (10 minutos)

9h10 – warm up da GP 600/GP 600 Evo (10 minutos)

9h30 – warm up da GP Light (10 minutos)

9h50 – warm up da GP 1000/GP1000 Evo (10 minutos)

10h10 – warm up da GP Escola (10 minutos)

10h50 – largada da GPR 250 (12 voltas)

11h50 – largada da GP 600/GP 600 Evo (16 voltas)

13h05 – largada da GP Light (16 voltas)

13h55 – largada da GP 1000/GP 1000 Evo (18 voltas)

14h55 – largada da GP Escola (11 voltas)

As motocicletas do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade utilizam a gasolina Petrobras Podium e o lubrificante Lubrax Tecno Moto. A Petrobras e a Lubrax patrocinam a competição ao lado da Michelin, que fornece seus pneus de competição a todas as equipes inscritas. O Moto 1000 GP também conta em 2015 com o apoio de Beta Ferramentas, MSR Macacões Personalizados, Puig, Servitec, LeoVince, Shoei e Tutto Moto.

Petrobras
Lubrax
Michelin
Beta
Servitec
Leo Vince
Shoei
Tutto
Puig
Top Line

Log in or crie uma conta