log in

Notícias

SIGA-NOS, Saiba tudo que acontece no Moto 1000 GP.

MIGUEL PRAIA - TERCEIRA LINHA NO ARRANQUE EM CASCAVEL

Depois de qualificar na oitava posição Miguel Praia inicia amanhã a última prova do campeonato brasileiro Moto 1000GP na terceira linha da grelha de partida. Ao contrário do que tem acontecido em todas as provas desta época o piloto da equipa Center Moto não conseguiu hoje encontrar a fórmula correcta para repetir aqui a ‘pole’ alcançada no fecho do campeonato de 2013 e fechou a qualificação no Autódromo Zilmar Beaux no oitavo posto.

 

‘Hoje não correu com queríamos. Encontrámos uma pista mais degradada devido a uma recente corrida de camiões, que não conseguimos contornar por algum motivo. Foi um dia muito difícil e mesmo nos limites não conseguimos fazer uma volta ao nível do que já conseguimos aqui anteriormente. Na primeira qualificação consegui andar atrás do Lussiana e foi nessa fase que fiz o melhor tempo, tempo esse que acabei por não conseguir replicar na decisiva segunda sessão.’

 

Uma posição na grelha de partida pouco habitual para Miguel Praia nesta temporada de 2014 que não desmoraliza no entanto o piloto algarvio que discute em Cascavel a terceira posição final do campeonato.

 

‘Pode ser uma vantagem esta posição. Normalmente arranco bem e tenho que tentar estar com o grupo da frente logo nos primeiros momentos de corrida. Encontrando ‘boleias’ consigo ser mais rápido, como verifiquei na primeira qualificação e isso em corrida não vai faltar. Estar com o grupo da frente vai ser preponderante mas não vai ser fácil. O objectivo é garantir a terceira posição no campeonato e na corrida estarei concentrado nos meus adversários nessa mesma luta.’

 

Miguel Praia arranca assim na oitava posição para as 23 voltas da última corrida do campeonato brasileiro Moto 1000GP. Uma prova onde em conjunto com dois adversários vai discutir o degrau mais baixo do pódio final da temporada, que como é hábito poderá ser acompanhada em directo a partir das 14 horas e 40 minutos (hora portuguesa) em: https://new.livestream.com/m1gp.

 

Quinta etapa do Brasileiro de Motovelocidade acontece neste domingo, em Goiânia

Equipe Center Moto estará desfalcada por conta do casamento do piloto português Miguel Praia

Neste fim de semana, acontecem as provas da quinta etapa da temporada 2014 do Moto 1000 GP, o Brasileiro de Motovelocidade, no Autódromo Internacional de Goiânia. Os treinos livres começaram nesta sexta-feira, às 13 horas. Amanhã (sábado), às 14h30m, acontecem os treinos classificatórios para a formação do grid de largada da corrida de domingo, marcada para às 10h10m.

A Equipe Center Moto estará desfalca por conta do casamento do piloto português Miguel Praia, que será realizado neste sábado, em Portugal. “No começo do ano, a organização do campeonato divulgou o calendário e a quinta etapa aconteceria no dia 28 de setembro, em Santa Cruz do Sul. O Miguel então marcou seu casamento para o dia 20 de setembro. Só que a data e o local das corridas foram alterados no começo deste mês, logo após a etapa de Cascavel”, informou o piloto carioca Pedro Lins. 

Pelo regulamento do Moto 1000 GP o pior resultado é descartado no final da temporada, mas os pilotos têm que participar das corridas. Porém, os responsáveis pela organização do campeonato abriram uma exceção e o piloto português terá seu descarte nesta etapa por causa de seu casamento.

Os outros três pilotos da Center Moto, ambos cariocas, estão muito otimistas para as provas apesar de não conhecerem o circuito, pois será a primeira prova no Autódromode Goiânia. 

Marcelo Cortes, categoria GP Light, atual campeão da SuperBike Series Brasil na categoria Pro Amador, está muito confiante. “Minhas expectativas para esta prova são muito boas. Embora seja a primeira vez que corro na pista de Goiânia, tive a oportunidade de participar dos treinos livres de quarta-feira passada e de hoje (ontem). Isso me deu mais cobfiança”, afirmou.

 Para Pedro Lins, que como Marcelo Cortes corre na categoria GP Light, a expectativa só não é melhor porque ele só vai participar dos treinos livres de sábado.

– A pista de Goiânia é desconhecida para a grande maioria dos pilotos e isso faz com que a disputa entre os pilotos fique nivelada. Apesar de não ter podido treinar mais eu estou confiante, pois tive resultados bem melhores nas últimas corridas – afirmou.

 

Alex Pires, que disputa o brasileiro de motovelocidade na categoria GP 600, também acredita em um bom desempenho. “Depois de um 7º lugar na chuva em Cascavel, não vejo a hora de acelerar em Goiânia, uma pista extremamente rápida e técnica, um templo da motovelocidade do Brasil. A moto está acertada e eu muito bem preparado, o que me faz acreditar em conseguir o tão sonhado pódio na categoria GP600”, disse Alex.

A classificação geral da competição é a seguinte: 

•GP 1000 – 1º) Matthieu Lussiana, Alex Barros Racing, com 68 pontos, 2º) Wesley Gutierrez, Motonil Motors-PDV Brasil, com 64 pontos, e 3º) Miguel Praia, Center Moto Racing Team, com 55 pontos;

•GP Light – 1º) Henrique Castro, City Service BSB Motor, com 63 pontos, 2º) Nicolas Tortone, com 56 pontos, e 3º) Rodrigo Benedictis, com 55 pontos. Os pilotos da Center Moto Racing Team Marcelo Cortes e Pedro Lins estão em 8º lugar, com 28 pontos e 24º lugar, com 5 pontos, respectivamnte;

•GP 600 – 1º) Maximiliano Gerardo, MGBikes-Yamaha Racing, com 81 pontos, 2º) Joelsu da Silva, Paulinho Superbikes, com 61 pontos, e 3º) Pedro Sampaio, Fabio Loko, com 60 pontos. Alx Pire, Center Moto Racing Team, está em 6º, com 28 pontos;

•GPR 250 – 1º) Meikon Kawakami, PlayStation-PRT, com 87 pontos, 2º) Lucas Torres, Estrella Galícia Racing, com 60 pontos, e 3º) Giovandro Tonini, Santin Racing, com 53 pontos.

 

Mais informações: 

CIA DE DIVULGAÇÃO – Assessoria de imprensa da Equipe Center Moto

Carla Pereira (O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.) - (55 21) 3734-0479 | 99268-5583 | 99268-6777

 

Pilotos da Equipe Center Moto enfrentam a pista mais veloz da temporada do Brasileiro de Motovelocidade neste final de semana, em Cascavel

 

 

 

Corrida será realizada no Autódromo Internacional Zilmar Beux

 

A temporada de 2014 do Moto 1000 GP, o Brasileiro de Motovelocidade, terá prosseguimento neste domingo (dia 31), com as provas da quarta etapa, no Autódromo Internacional Zilmar Beux, em Cascavel, no Paraná, considerado o mais veloz do calendário. Os treinos livres começam nesta sexta-feira, às 13 horas. No sábado, às 14h30m, acontecem os treinos classificatórios para a formação do grid de largada da corrida de domingo, marcada para às 10h20m.

 

A Equipe Center Moto é destaque com quatro pilotos: os cariocas Alex Pires, categoria GP 600, Marcelo Cortes e Pedro Lins, categoria GP Light, e o português Miguel Praia, categoria GP 1000, que corre com o mais novo modelo de moto da Honda, o CBR 1000 RR SP, único exemplar nas pistas do Brasil, especialmente preparada pelo Mestre Saraiva e os mecânicos da Center Moto.

 

Autor da pole-position na etapa de Cascavel do ano passado, o piloto português Miguel Praia, terceiro colocado na classificação geral do campeonato com 35 pontos, está muito otimista para a corrida deste domingo. Ele completa:

 

- A etapa de Cascavel é sempre diferente das outras e a meteorologia poderá ter um papel determinante nos nossos planos, porque normalmente a temperatura é baixa. A alta média de velocidade não favorece as nossas Honda CBR 1000, mas a equipe de mecânicos trabalhou muito na evolução das motos para que nós possamos lutar pelos lugares de destaque em todas as categorias. Depois da queda de Brasília quero voltar ao pódio.

 

Atual campeão da SuperBike Series Brasil na categoria Pro Amador, o carioca Marcelo Cortes está muito confiante para a quarta corrida da temporada. “Minhas expectativas para esta prova são muito boas. Nas duas últimas etapas estive no pódio com a quinta colocação, há milésimos do quarto colocado. O campeonato chega a primeira metade e está com um nível muito elevado. Tenho treinado forte e acredito que vou disputar os três primeiros lugares”, declara.

 

 Para Pedro Lins, que como Marcelo Cortes corre na categoria GP Light, a expectativa é a melhor possível.

 

-  Já corri em Cascavel algumas vezes e conhcer o circuito bem ajuda muito para ter um bom desempenho. É só encontrar o melhor acerto para a moto durante os treinos livres – afirma.

 

Alex Pires, que disputa o brasileiro de motovelocidade na categoria GP 600, também acredita em um bom desempenho. “Cascavel tem um pista que conheço bem, o que ajuda no desempenho. Foi lá que tive a melhor posição de chegada em uma prova até hoje. Além disso, já estou mais adaptado a moto e espero subir ao pódio pela primeira vez no ano”, disse Alex.

 

A classificação geral da competição é a seguinte:

 

GP 1000 – 1º) Matthieu Lussiana, Alex Barros Racing, com 68 pontos, 2º) Wesley Gutierrez, Motonil Motors-PDV Brasil, com 37 pontos, e 3º) Miguel Praia, Center Moto Racing Team, com 35 pontos;

GP Light – 1º) Ian Testa, Motonil Motors PDV, com 54 pontos, 2º) Henrique Castro, City Service BSB Motor, com 51 pontos, e 3º) Rafael Bertagnolli, Fabio Loko, com 40 pontos;

GP 600 – 1º) Maximiliano Gerardo, MGBikes-Yamaha Racing, com 80 pontos, 2º) Pedro Sampaio, Fabio Loko, com 50 pontos, e 3º) Joelsu da Silva, Paulinho Superbikes, com 36 pontos;

GPR 250 – 1º) Meikon Kawakami, PlayStation-PRT, com 47 pontos, 2º) Giovandro Tonini, Santin Racing, com 37 pontos, e 3º) Lucas Torres, Estrella Galícia Racing, com 36 pontos.

 

Mais informações:

 

CIA DE DIVULGAÇÃO – Assessoria de imprensa da Equipe Center Moto

 

Carla Pereira (O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.) - (55 21) 3734-0479 | 99268-5583 | 99268-6777

 

 

 

Assinar este feed RSS
Petrobras
Lubrax
Michelin
Beta
Servitec
Leo Vince
Shoei
Tutto
Puig
Top Line

Log in or crie uma conta